Operação da PF resulta na prisão de 18 envolvidos em abuso sexual infantil

Notícia publicada em: 28 de março de 2024

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (27) uma operação em âmbito nacional para o combate ao abuso sexual de crianças.

Sob orientação da Coordenação de Repressão aos Crimes Cibernéticos Relacionados ao Abuso Sexual Infantojuvenil, a ação tem como foco, segundo a PF, a identificação e a prisão de abusadores de crianças e o resgate de vítimas.

Foram expedidos 59 mandados de busca e apreensão em 21 unidades federativas:

Acre (um),

Alagoas (um),

Amapá (um),

Bahia (três),

Ceará (dois),

Distrito Federal (um),

Espírito Santo (um),

Maranhão (um),

Minas Gerais (três),

Mato Grosso (dois),

Senado aprova salas no SUS exclusivas para mulheres vítimas de violência

Pará (três),

Paraíba (três),

Pernambuco (dois),

Paraná (nove),

Rio Grande do Norte (um),

Rio de Janeiro (três),

Roraima (dois),

Rio Grande do Sul (nove),

Santa Catarina (um),

Sergipe (um)

São Paulo (nove).

Plenário pode votar projeto que cria dia nacional de combate ao estupro Fonte: Agência Senado

“A operação é fruto de informações repassadas pelas polícias da Itália e da Espanha, as quais detectaram a ocorrência das práticas criminosas.

A partir daí, foi possível à PF dar continuidade às investigações, com o cumprimento das medidas cautelares em uma operação em todo o Brasil.

Além dos mandados de busca e apreensão, foram realizadas 18 prisões em decorrência da ação”, informou a corporação, em nota.

Os investigados, segundo a PF, devem responder pelos crimes de armazenamento e compartilhamento de material de abuso sexual infantil e associação criminosa.