Murais de mestre Justino “voltam à vida” em Taubaté

Notícia publicada em: 16 de maio de 2024

Os murais restaurados de Mestre Justino no prédio do IBGE Taubaté foram inaugurados nesta quarta-feira, 15 de maio, gerando comoção e alegria entre familiares, amigos e artistas presentes. O projeto de restauração foi coordenado pela professora e artista plástica Margarida Fournier, integrante do projeto Semeando Cores.

A família do artista esteve representada por dona Angelina de Faria, viúva de Justino; Paulo Cezane e Marco Justino, os filhos; Cristine e Edvania, suas noras; Jaime Guedes, primo do artista; e Yasmin, neta de Mestre Justino.

Oportunidades de Emprego Disponíveis no PAT Pindamonhangaba 16/05/24

O evento começou com o descerramento da placa de reinauguração do IBGE Taubaté, realizado por Livio Aluizio de Carvalho, chefe da agência na cidade. Em seguida, na biblioteca municipal, o público pôde apreciar as exposições Conversa com Justino, do artista João Bosco; Salve Justino, de vários artistas que homenagearam Mestre Justino; e obras de releitura criadas pelos alunos da EMEF Vereador Pedro Grandchamp e da UEI Padre Pedro Lopes.

Paulo Cezane, filho de Mestre Justino, destacou que o artista “deixou seu legado de arte não só para Taubaté, mas para o Brasil, e nós devemos preservar, contando com o apoio do poder público, para restaurar e evitar a deterioração que estava ocorrendo.” Ele expressou sua felicidade com o trabalho de revitalização. “Ainda bem que apareceu essa pessoa especial, a Margarida, que fez esse projeto para restaurar a arte e trouxe novamente Justino à vida.”

Margarida Fournier explicou que o trabalho de reconstrução não foi fácil. “Encontramos diversos problemas estruturais e as obras estavam totalmente prejudicadas. Utilizamos cerca de cinco referências e fotos em horários diferentes para garantir a precisão dos traços e cores.”

Muito emocionada, Margarida ressaltou que “não importa o trabalho que tivemos, o importante é que a memória seja preservada, que esse legado dele possa ser reconhecido por muitos anos e que as futuras gerações conheçam e reconheçam o Justino muralista, como ele sempre foi.”

 

Ruas do Barreiro e São Gonçalo recebem obras de infraestrutura