Homem de 56 anos é preso por armazenar e compartilhar conteúdos de abuso sexual infantil em Piquete, SP

Notícia publicada em: 10 de junho de 2024

Caso o homem seja condenado, a pena pode chegar a 10 anos de prisão.

A Polícia Federal prendeu na manhã desta segunda-feira (10) um homem de 56 anos em Piquete, SP, suspeito de armazenar e compartilhar arquivos contendo abuso sexual infantojuvenil pela internet.

pf-e-exercito-deflagram-acao-contra-suposta-venda-ilegal-de-armas

 

A prisão preventiva foi solicitada pela PF e expedida pela Vara Criminal de Piquete após a conclusão de uma investigação que encontrou mais de 730 arquivos de imagens abusivas em dispositivos na casa do suspeito, em julho do ano passado.

Violência em Potim Dois Jovens São Mortos e Um é Baleado no Fim de Semana

Durante a operação realizada há quase um ano, a polícia apreendeu diversos dispositivos, incluindo computadores, celulares, tablets e outras mídias de armazenamento. A análise e perícia desses dispositivos confirmaram a presença dos arquivos ilegais, levando a PF a representar pela prisão do homem. Na manhã desta segunda-feira, a Polícia Federal retornou ao endereço do suspeito e efetuou a prisão, levando-o para a cidade vizinha de Cruzeiro.

Se condenado, o homem pode enfrentar uma pena de até 10 anos de prisão, conforme a legislação vigente para crimes relacionados ao armazenamento e compartilhamento de conteúdo de abuso sexual infantil.

 

GCM Prende Homem por Tentativa de Estupro em Pindamonhangaba