Governo de SP ganha atenção de investidores na COP28 com projetos de carbono zero

Notícia publicada em: 8 de dezembro de 2023

Os potenciais de comércio internacional dos projetos sustentáveis do Governo de São Paulo foram pauta de 25 agendas da Secretaria de Negócios Internacionais na COP28, em Dubai. O titular da pasta, Lucas Ferraz, apresentou diferenciais e iniciativas do Estado em painéis e reuniões bilaterais com organizações, investidores e empresários mundiais.

Ferraz esteve na cidade entre os dias 1º e 6 de dezembro e pontua a relevância de discutir a conexão dessas áreas durante o encontro: “a inclusão desse assunto foi extremamente necessária para que todos os atores pudessem discorrer, juntos, sobre as melhores práticas para obtermos um comércio que gere menos poluentes. Abordamos também meios de incentivar serviços e produtos que tenham uma cadeia de produção limpa”, disse.

Velocidade de afundamento da mina da Braskem diminui, diz Defesa Civil

A programação incluiu cinco palestras onde o secretário apresentou as vantagens comparativas do Estado de SP em liderar a transição energética, tanto pela alta capacidade de produção de etanol de segunda geração quanto pela produção de biocombustíveis a partir de resíduos sólidos. Aspectos regulatórios em discussão no Brasil também foram avaliados. “O novo marco do saneamento apresenta formas de financiar o tratamento adequado ao resíduo sólido, para que seja realizado da melhor forma para o meio ambiente e para a produção da biomassa e biocombustíveis”, explica Ferraz.
Houve ainda encontros com organizações de grande porte, como ICC (International Chamber of Commerce), OMC (Organização Mundial do Comércio) e IETA (International Emissions Trading Association). Nestes casos, o enfoque da pasta foi evidenciar a relevância do sistema multilateral de comércio baseado em regras, uma vez que SP concentra 30% das trocas comerciais do Brasil, possui os maiores portos e aeroportos do país e é o que mais comercializa e recebe investimentos da União Europeia.
Após a agenda em Dubai, o secretário de Negócios Internacionais segue em missão para Abu Dhabi. A continuidade de trabalhos, agora na capital dos Emirados Árabes, tem o objetivo de promover e apresentar o portfólio de investimentos de São Paulo para empresários e fundos soberanos.
“Foram cinco dias de muito trabalho na COP28. Saímos animados e confiantes que teremos bons investimentos em um futuro próximo. É também com este olhar que seguiremos para Abu Dhabi. São Paulo é o maior estado do Brasil e reunimos vantagens comparativas únicas, sobretudo no tema da transição energética e no compromisso com práticas comerciais inteligentes e sustentáveis”, finalizou Ferraz.

Governo e aéreas criam comitê em resposta a reclamação de consumidores