Governo de SP autoriza 224 vagas para concurso público da Cetesb com salários de até R$ 8 mil

Notícia publicada em: 19 de dezembro de 2023

O Governo de SP autorizou, nesta segunda-feira (18), a abertura de concurso público para a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), vinculada à Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil). No total, serão abertas 224 vagas para profissionais com formação no ensino médio e superior. A expectativa é que o edital seja divulgado nos próximos dias.

As oportunidades contemplam diversas áreas de atuação, como analista ambiental, analista de tecnologia da informação, analista administrativo, técnico ambiental, técnico administrativo e advogado. Os salários iniciais variam entre R$ 5.027,95 e R$ 8.034,84, de acordo com a formação e requisitos específicos de cada cargo, que serão detalhados após a publicação do edital.

Estudantes criam ferramentas para auxiliar populações de florestas na produção e comercialização sustentável de alimentos

Com foco nas atividades de licenciamento, fiscalização e atendimento de emergências, os novos profissionais desempenharão papel fundamental na garantia da excelência dos serviços prestados pela Companhia ao meio ambiente e à população de São Paulo. Portanto, o concurso surge como resposta à crescente demanda por agilidade nos prazos de atendimento na solicitação de serviços ambientais.

Este é o primeiro concurso realizado pela Cetesb, desde 2012, quando foram admitidos 159 funcionários. “Com a contratação dos novos colaboradores, a Cetesb vai otimizar sua capacidade operacional, assegurando eficiência e qualidade em suas ações”, afirma Thomaz Toledo, presidente da Companhia.

Metrô de SP prepara atrações especiais em suas estações para celebrar o Natal

Sobre a Cetesb – A Companhia é responsável pelo controle, fiscalização, monitoramento e licenciamento de atividades geradoras de poluição, com a preocupação fundamental de preservar e recuperar a quali­dade das águas, do ar e do solo. Atua na execução das políticas de meio ambiente e de desenvolvimento sustentá­vel, notadamente no âmbito do licenciamento ambiental e das atividades que utilizam os recursos naturais, do monitoramento ambiental, dos resíduos, da proteção aos ma­nanciais, da fiscalização e do aperfeiçoamento profissional nas questões ambientais. Além de sua sede, na capital, possui 46 agências ambientais e sete laboratórios espalhados pelo território paulista.