Franquias de diferentes segmentos registram crescimento no 1º trimestre de 2024

Notícia publicada em: 8 de junho de 2024

No dia 15 de maio, o Banco Central divulgou dados que apontam que a atividade econômica brasileira registrou alta no primeiro trimestre de 2024. Os dados da Pesquisa Trimestral de Desempenho do setor referente aos três primeiros meses de 2024 realizada pela ABF – Associação Brasileira de Franchising, comprovam este cenário. De acordo com a entidade, o mercado de franquias acelerou no 1º trimestre deste ano, registrando um crescimento nominal de 19,1% na comparação com o mesmo período de 2023, mantendo uma curva ascendente. Já o faturamento geral do setor também avançou, passando de R$ 50,854 bilhões para R$ 60,560 bilhões nos três primeiros meses.

Entre os fatores sazonais que contribuíram para esta movimentação, a Páscoa ter caído este ano em março, o que, associado a maior demanda por chocolates finos, trouxe grandes resultados para as franquias de chocolate. Além disso, o cenário macroeconômico também foi fundamental para o desempenho do setor, levando em conta questões que aqueceram o consumo, como a elevada taxa de ocupação, o PIB no 1º trimestre, a queda (ainda que lenta) da taxa SELIC e a inflação mais controlada.

Pinda convoca mais 70 profissionais do concurso; total passa de 700 pessoas

Acompanhando este cenário, estão as redes que atuam no mercado de franchising, em diferentes segmentos, e que registraram bons resultados neste início de ano. A 5àsec, maior rede de lavanderias do Brasil com mais de 550 pontos de venda em território nacional, por exemplo, abriu 11 novas operações, sendo sete da marca LavPop e quatro da 5àsec, e obteve um crescimento de 8,56% nas vendas nos primeiros três meses do ano. Atuando no setor de Limpeza e Conservação, as cidades que receberam as implantações da marca foram Bombinhas (SC), Ponta Porã (MS), Asa Sul (DF), Canaã dos Carajás (PA), Caxias do Sul (RS), Campo Largo (PR), Sorocaba (SP), Boituva (SP), Belo Horizonte (MG), Joinville (SC) e Fortaleza (CE). Além das lojas físicas, os canais de e-commerce e delivery da marca francesa também seguem com bom desempenho, representando 30% das vendas aos consumidores. Até junho, serão inauguradas mais 15 unidades, de ambas as marcas do grupo, em diferentes estados brasileiros.

 

No segmento de alimentação, a Água Doce Sabores do Brasil, rede que explora pratos e drinques da culinária brasileira e conta com 80 restaurantes em sete estados do País, registrou um aumento de 15% nas vendas neste período. A marca segue com o plano de expansão para 2024 e inaugurou três operações de janeiro a março, localizados em São José do Rio Preto (SP), Taquaritinga (SP) e Uberaba (MG). Para o segundo trimestre, são esperados dois novos pontos, que serão abertos em shopping centers, sendo um no Shopping Anhanguera, em Cajamar (SP) e outro no Shopping Central Park, em Vargem Grande Paulista (SP). A marca segue atuando com entregas via delivery, com índice se mantendo estável.

 

Ainda no segmento de foodservice, o Divino Fogão, rede de comida inspirada na fazenda, revela que teve um aumento de 21,40% nas vendas brutas dos 210 pontos de venda, além de um crescimento de 18,78% de Same Stores Sales. Com unidades que funcionam apenas em praças de alimentação de shopping centers nas cinco regiões brasileiras, a marca abriu três novos restaurantes nos primeiros meses, em empreendimentos localizados em São José dos Pinhais (PR), Cariacica (ES) e no Rio de Janeiro (RJ). Para o próximo trimestre, estão programadas mais três operações, em Recife (PE), Goiânia (GO) e Belo Horizonte (MG). Além disso, a marca revela que está investindo em ações para conquistar novos clientes e que, com isso, o delivery foi um canal de suma importância, anotando um incremento de 13,3% no número de pedidos e de 7,3% no faturamento.

 

Líder em franquias de educação de ensino profissionalizante, o Grupo MoveEdu é detentor das marcas Microlins, Prepara Cursos e Ensina Mais Turma da Mônica. A Prepara Cursos, por exemplo, que atua com foco em preparar jovens para conquistar o primeiro emprego no mercado de trabalho, segue com forte crescimento, com nove escolas abertas nos primeiros três meses do ano, em diferentes regiões, como Volta Redonda (RJ), Sorriso (MT), Jaboatão dos Guararapes (PE), Recife (PE), Gravatá (PE), Caruaru (PE), Santos (SP), Três Lagoas (MS) e Teresina (PI). De abril a junho serão implantadas mais quatro escolas, nas cidades de Brusque (SC), Piraquara (PR), Serra Talhada (PE) e Uberlândia (MG). Com mais alunos em busca de cursos profissionalizantes e de idiomas, a rede educacional explica que o tíquete médio nas unidades passou de R$ 185 para R$ 198 neste ano, o equivalente a uma variação positiva de 6% no faturamento de cada operação. Além disso, graças ao modelo de lifelong learning, agora com cursos de graduação e pós-graduação semipresencial ou à distância, o tempo de permanência nas escolas também sofreu uma alteração, com estudantes buscando cada vez mais conhecimento. Outro artifício que vem sendo bem aceito na Prepara Cursos é o e-commerce, que foi lançado recentemente e registra um aumento na performance e busca por este canal mês a mês.

 

Ainda no segmento de Educação, a Ensina Mais Turma da Mônica é uma rede de apoio escolar de português e matemática, que oferece programas educacionais e surgiu da necessidade de melhoria na educação de base das crianças e jovens no Brasil. Atualmente, são mais de 90 escolas em diferentes estados. De janeiro a março, a marca inaugurou seis unidades, localizadas em Taquarituba (SP), Mogi Guaçu (SP), Aracati (CE), Santa Cruz do Sul (RS), São Paulo (SP), Salvador (BA). Para o segundo semestre, estão previstas mais 11 operações, em cidades como Venâncio Aires (RS), Loanda (PR), Tupanciretã (RS), Presidente Prudente (SP), Mineiros (GO), Taboão da Serra (SP), Vila Velha (ES), Canoas (RS), Taguatinga (DF), Passo Fundo (RS) e Belo Horizonte (MG). Nos três primeiros meses do ano, a marca registrou um crescimento de 15% em novas matrículas, além de um aumento de 22% no faturamento do período.

 

Há 75 anos no mercado, sendo pioneira no segmento de calçados infantis, a Bibi investe constantemente em inovações e em projetos que englobam a transformação digital. Com o objetivo de levar a melhor jornada de compra aos clientes, a marca criou serviços como Prateleira Infinita, Bibi em Casa, Entrega Expressa e aplicativo de compras exclusivo. Além disso, anualmente o e-commerce vem se tornando um importante canal para a rede calçadista. Neste primeiro trimestre, por exemplo, o faturamento cresceu 28,5%, graças a integração com as mais de 130 lojas físicas da marca em todo território nacional.

 

Ainda no setor de Moda, o Peça Rara Brechó, fundado há 17 anos, é uma das principais marcas no segmento de second hand (uso de segunda mão) do País, fechou o 1º trimestre de 2024 com mais de 100 lojas em operação e 165 unidades comercializadas. O faturamento da rede alcançou R$ 47 milhões e crescimento de 59,71%, em relação ao ano anterior. A marca tem previsão de fechar 2024 com 300 unidades comercializadas e faturamento de cerca de R$ 300 milhões.

 

Já no segmento de Casa e Construção, a Casa do Construtor vem apresentando recordes de performance ano a ano. Em 2023, a maior rede franqueadora de locação de equipamentos para construção civil, limpeza, pintura e jardinagem cresceu 20%, faturando R$ 834 milhões e 140 novas operações, totalizando 665. No primeiro trimestre de 2024, a empresa superou a importante marca de 700 operações abertas e alcançou faturamento de R$ 217,3 milhões, crescimento de 14% ante o mesmo período do ano anterior. Até o fim de 2024, a meta de faturamento é de R$ 980 milhões e abertura de 150 novas unidades.