Crise Humanitária no Rio Grande do Sul Desabrigados e Desalojados em Números Alarmantes

Notícia publicada em: 13 de maio de 2024

A situação no Rio Grande do Sul é crítica. O estado enfrenta uma crise humanitária sem precedentes, com mais de 80 mil pessoas desabrigadas e vivendo temporariamente em abrigos. Este número, divulgado pela Defesa Civil estadual, reflete a gravidade da situação.

As fortes chuvas que assolaram o estado há duas semanas deixaram um rastro de destruição. Mais de meio milhão de gaúchos foram obrigados a abandonar suas casas e estão agora desalojados, buscando segurança longe de suas residências.

Helicóptero Águia socorre bebê e idosa infartada no Rio Grande do Sul

Os temporais afetaram cerca de 90% do estado, impactando mais de 2,11 milhões de pessoas direta ou indiretamente. Quatro mortes foram confirmadas recentemente, elevando o número total de vítimas para 147. Ainda há 127 pessoas desaparecidas e 806 feridos em todo o estado.

Em meio à tragédia, há também histórias de resiliência e esperança. Mais de 76,4 mil pessoas foram resgatadas, além de 10.814 animais domésticos e silvestres. Nesses esforços de resgate, atuam 27.651 agentes públicos federais, do Rio Grande do Sul e de estados parceiros.

Triunfo Dourado Mesatenistas de Jacareí Brilham na Liga do Vale