Com investimentos de R$ 6,5 milhões em subsídios, Governo de SP atende 502 famílias para aquisição de moradias em Pindamonhangaba

Notícia publicada em: 18 de dezembro de 2023

O município de Pindamonhangaba inaugurou, neste sábado (16), um novo conjunto habitacional, o Residencial Terra Nova Pindamonhangaba. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SDUH) disponibilizou aporte de recursos de R$ 6,5 milhões, por meio do Programa Casa Paulista, na modalidade Carta de Crédito Imobiliário (CCI), para viabilizar a aquisição de 502 imóveis do empreendimento.


O secretário da pasta, Marcelo Branco, participou da cerimônia de entrega de chaves e reforçou o compromisso da gestão estadual de executar o maior programa habitacional de todos os tempos. “Somando a modalidade de Crédito Imobiliário do Casa Paulista com os demais programas de desenvolvimento urbano e construção da CDHU, a nossa pretensão é fazer 200 mil casas ao longo desses quatro anos de governo. Aqui na região de São José dos Campos, nós temos 12.310 casas sendo construídas ou em fase de licitação e planejamento. Temos mais de R$ 1,9 bilhão de investimentos na área habitacional e de desenvolvimento urbano”, explicou.

Governo SP publica edital de concessão do Lote Litoral Paulista de rodovias

Marcelo Branco aproveitou também a oportunidade para transmitir votos de felicidades àqueles que realizaram hoje o sonho da casa própria. “Quero deixar o meu grande abraço a vocês. Que sejam muito felizes nas casas que hoje receberão as chaves. Cuidem das suas famílias, tenham prosperidade e tenham também um ótimo natal e ano novo!”.
As casas, com 43,85 m² de área construída, têm dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, lavanderia, quintal, vaga de garagem e possibilidade de ampliação. As famílias receberam R$ 13 mil reais do governo estadual, em forma de subsídio, para comprar seu primeiro imóvel direto com a construtora. O empreendimento foi construído pela iniciativa privada e financiado pela Caixa Econômica Federal.
Victor Felipe da Silva Folha, de 24 anos, é logístico e Gisele Martins da Silva, de 22 anos, é auxiliar de produção. Juntos, celebraram a conquista da moradia e a nova fase da vida, que se iniciará no próximo ano. “É gratificante. Estamos realizando o sonho de ter a casa própria. Temos o plano de nos casarmos, já está marcado para abril”, ele contou. Gisele também se emocionou muito ao entrar no novo lar: “Nossa! Ao entrar aqui, já chorei bastante. É um grande sonho realizado para gente. Vamos arrumar tudo aqui e deixar pronto para nos mudarmos”, finalizou.
A esteticista Andrea Aparecida da Silva, de 38 anos, também celebrou junto com suas filhas, Sophia, de 5 anos, e Luísa, de 8 anos. Para a família, a nova moradia representa um recomeço e oportunidade de viver um novo ano diferente. “É muito emocionante. Estávamos ansiosas e esperamos que seja um lugar acolhedor. É um presentão de natal antecipado. O Papai Noel esse ano foi generoso!”, exclamou.

Carta de Crédito Imobiliário (CCI)
O Casa Paulista, na modalidade CCI, é um programa de fomento que concede subsídios às famílias com renda de até três salários mínimos, para adquirirem unidades habitacionais nos empreendimentos autorizados pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, no âmbito de financiamentos CAIXA-FGTS.
A demanda é aberta a todos que se enquadram nos critérios do programa e que tenham a habilitação devidamente aprovada pela Caixa Econômica Federal, que é a responsável por conceder o financiamento habitacional das moradias.
O valor do subsídio varia entre R$10 mil e R$16 mil, de acordo com a localização do imóvel. O crédito pode ser somado a subsídios federais e à utilização do FGTS no financiamento habitacional, quando disponível. Desta forma, o valor das prestações fica compatível com a capacidade de pagamento das famílias.
O objetivo da gestão estadual, com essa modalidade, é auxiliar no suprimento das necessidades habitacionais dos municípios do Estado. Os recursos são provenientes do orçamento da SDUH.

Governo de SP lança Operação Verão para reforçar segurança nos 16 municípios do litoral