Caraguatatuba é destaque em políticas para idosos em estudo que avalia o Índice de Longevidade das cidades brasileiras - Vale em Ação
  • 20 de agosto de 2022 03:02
Cabonnet-450MEGA-900x300
prefeitura pinda 08

Caraguatatuba é destaque em políticas para idosos em estudo que avalia o Índice de Longevidade das cidades brasileiras

A cidade de Caraguatatuba é destaque no Índice de Desenvolvimento Urbano para a Longevidade (IDL), que tem como objetivo avaliar o preparo de 876 municípios brasileiros para a longevidade da população.

Foto/ Divulgação PMC

O estudo foi feito pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon e o município está em 19° lugar no ranking de grandes cidades, que é composto pelos 300 municípios brasileiros com maior número de habitantes analisados no estudo.

Foto/ Divulgação PMC

A composição geral do estudo é baseada em sete variáveis: indicadores gerais, cuidados de saúde, bem-estar, finanças, habitação, educação e trabalho, além de cultura e engajamento.

“O papel do IDL é ser uma ferramenta prática que contribua diretamente para que os gestores públicos desenvolvam políticas que melhorem a qualidade de vida nas cidades”, explica Henrique Noya, diretor-Executivo do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon.

Ainda sobre o estudo, Caraguatatuba aparece na liderança de uma das sete variáveis componentes do índice “cultura e engajamento”.

Foto/ Divulgação PMC

Em essência, essa liderança ocorre em consequência de ser, entre essas cidades, a que evidencia a maior frequência de casamento entre idosos. Além disso, Caraguatatuba foi identificada entre as 10 cidades de melhor desempenho em bem-estar.

Outro dado em destaque se deve ao segundo lugar em oferta de casas de chá e suco, que favorecem a socialização, e à boa oferta de estabelecimentos de condicionamento físico, importante para esse tipo de público.

Além da iniciativa privada, Caraguatatuba é exemplo de espaços públicos criados para atender essa população como o CIAPI (Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso), local que atende mensalmente cerca de 2 mil idosos, em mais de 50 atividades culturais e esportivas. Conta ainda com as academias ao ar livre, realiza atendimento em casa com medicamentos e equipes do Programa Melhor em Casa da Secretaria da Saúde, além de abrigar o Programa Praia Acessível que proporciona lazer aos idosos nas praias.

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, comemorou o resultado e destaca os investimentos que ainda serão feitos para atender os idosos.

“Vamos entregar em breve mais espaços, como o Centro do Idoso do Jaraguazinho e o Lar do Idoso do Santamarina. Na Saúde, teremos a criação a criação da Unidade de Referência do Idoso e a criação do Centro de Referência da Saúde do Homem (Pró-Homem), que também vai atender os idosos. Além disso, vamos promover cursos de qualificação voltados a Melhor Idade. Cada real investido nessa população e sinônimo de melhoria da qualidade de vida”, explica o prefeito.

Divulgação / Imprensa PMC

Iniciar conversa
Estamos online