Aeroportos do Interior de SP Arrecadam Mais de 200 Toneladas de Doações para Vítimas das Enchentes no RS

Notícia publicada em: 16 de maio de 2024

Mais de 200 toneladas de doações foram arrecadadas por sete aeroportos do interior de São Paulo, regulados e fiscalizados pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp). As doações são destinadas às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Entre os itens estão: água mineral, medicamentos, equipamentos médicos, produtos de higiene pessoal, leite em pó e ração para animais.

Só na primeira semana de campanha, a concessionária Rede VOA, responsável pelos aeroportos de Jundiaí, Ribeirão Preto e Marília, recebeu mais de 100 toneladas de doações. O aeroporto Comandante Rolim Adolfo Amaro, em Jundiaí, recebeu cerca de 60 toneladas, das quais 25 já foram despachadas por meio de aeronaves particulares.

Prefeitura de Caraguatatuba abre agendamento para 300 vagas de castração de cães e gatos nesta sexta-feira

No aeroporto Dr. Leite Lopes, em Ribeirão Preto, a arrecadação atingiu 40 toneladas, enquanto no de Frank Miloye Milenkovich, em Marília, as doações chegaram a aproximadamente sete toneladas, que estão sendo transportadas com apoio das agências dos Correios. Os três aeroportos continuam recebendo doações até a próxima sexta-feira (17).

Nesta terça-feira (14), parte dos donativos começaram a ser encaminhados ao Aeroporto de Guarulhos, onde a Força Aérea Brasileira (FAB) assumiu a operação. Aeronaves particulares também estão sendo utilizadas na logística de transporte dos donativos.

Paralelamente, a concessionária ASP – Aeroportos Paulistas também arrecada mantimentos para a população gaúcha afetada pelas fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul. As doações estão sendo recebidas nos aeroportos estaduais de Dario Guarita, em Araçatuba, Adhemar de Barros, em Presidente Prudente, e Professor Eribelto Manoel Reino, em São José do Rio Preto. Neste último, o volume arrecadado foi tão alto que o ponto de coleta precisou ser temporariamente suspenso para gerenciamento e armazenamento das doações. Ao todo, nos aeroportos da ASP, as doações somam cerca de 135 toneladas. A distribuição está sendo realizada em parceria com as companhias aéreas, além do suporte terrestre por empresas e entidades locais.

“Em um desastre dessa proporção, o esforço coletivo é muito importante. O ato de solidariedade das concessionárias não apenas reflete o espírito humanitário dos paulistas, mas demonstra também o compromisso que elas têm com o bem-estar social”, afirma o Diretor-Geral da Artesp, Milton Persoli.

O que doar?

As concessionárias estão arrecadando medicamentos em geral, água mineral, ração para pets, leite em pó e produtos de higiene pessoal.

Endereços:

  • Aeroporto Comandante Rolim Adolfo Amaro – Av. Emílio Antonon, 777, Chácara Aeroporto – Jundiaí, SP.
  • Aeroporto Dr. Leite Lopes – Av. Thomaz Alberto Whately – Parque Industrial Cel. Quito Junqueira, Ribeirão Preto, SP.
  • Aeroporto Frank Miloye Milenkovich – Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, 2100, Vale Verde – Marília, SP.
  • Aeroporto Estadual Dario Guarita – Via de Acesso Olegário Ferraz – Aeroporto, Araçatuba, SP.
  • Aeroporto Estadual Adhemar de Barros – R. Assis Chateaubriand, s/nº – Aeroporto, Presidente Prudente, SP.

Sargento descreve resgate no RS como ‘catastrófico’ após 19 anos de carreira